Projetos - Banners

logosites SUITE

moodle icon Sitebotao

http://www.escolasdenisa.org.pt/images/desporto%20escolar.jpg

facebook

 

imagem6

 

 

 

Contador de Visitas

Localização

Clube de Probótica

mc   

O Kang Kang tem vindo a conceber, o projeto 3D de uma hipotética base lunar, através do software tinkercad. Há dois anos, quando estava no 4º ano, participou no projeto Moon Camp Challenge pela primeira vez. Daí para cá, desenvolveu a sua capacidade de interagir com o programa. Por ter apenas 11 anos, concorrerá nas categorias Discovery e Explorers. Este é um dos projetos em que está a trabalhar:

A base lunar que propõe é composta por uma estação subterrânea de armazenamento de minérios e um elevador espacial que permitirá que a carga seja recolhida por módulos de transporte.

Há, também, um dormitório e um laboratório que serão alimentados pela energia de painéis solares e por depósitos de hidrogénio que será produzido na própria base. Desse modo, a independência energética e financeira da colónia lunar estarão asseguradas já que, até o combustível do transporte dos astronautas, será responsabilidade dos engenheiros e cientistas que assegurarão a composição das primeiras missões. Um satélite em órbita e uma antena permitirão as comunicações.

Uma estufa subterrânea, colocada sob o módulo habitacional, vai fazer com que a cultura de alimentos seja também uma tentativa de que, no interior dos "iglôs", se comece a criar um ecossistema autónomo e sustentável que promova um suporte básico de vida.



Enquanto as turmas de 3º e 4º ano começam a preparar-se para também participarem neste concurso da ESA, as turmas de 2º ano terminaram a primeira proposta de trabalho da Missão X - Treina como um Astronauta. Aqui, a Inês Fazendas e a Adriana Carriça, explicam como funciona a 'mão biónica' que criaram.

Enquanto que, neste vídeo, as alunas do 2ºB se encontram em plena fase de construção.


Devido às medidas de controlo da pandemia, nas próximas duas semanas, as atividades do Clube de Probótica serão muito limitadas. No entanto, vamos tentar manter-vos informados sobre os projetos dos nossos alunos.

GRUPO DE RECRUTAMENTO 530 – EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Concursos  CONTRATAÇÃO DE ESCOLA - 2020/2021 

O Agrupamento de Escolas de Nisa informa que está a concurso a termo resolutivo certo,  um horário de 10 horas  para o grupo de recrutamento 530 – EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA..

Aviso de Abertura

Lista ordenação

Lista Finalnovo animado

Protocolo com Jornal Alto Alentejo

índice 

Notícias de Outubro de 2020

Conforme consta no Projeto Educativo uma das metas a atingir é “garantir a eficácia da comunicação interna e com o exterior”, melhorando a qualidade e agilizando a transmissão da informação junto da comunidade educativa, divulgando “os projetos, iniciativas, atividades e potencialidades materiais e humanas do agrupamento”.

De igual modo, o Relatório de Autoavaliação do Agrupamento de Escolas refere como aspeto a melhorar “a circulação da informação da escola”.

Como respostaa estas situações estabelecemosum protocolo com o Jornal Alto Alentejo, onde todos os meses o Agrupamento de Escolas de Nisatem duas páginas para publicar as atividades/projetos, que vai desenvolvendo.

Para que se possa dar expressão à extraordinária dinâmica existente, ficamos a aguardar os contributos de todos os que se queiram associar a este projeto.

Anexamos, a título de exemplo, a reportagem que saiu na edição de Outubro de 2020.

O Diretor

LInk do 1º Suplemento

 

Notícia de simulacro de sismo

terra 

No dia 5 de novembro de 2020, na Escola de Nisa, os 1º e 2º anos assistiram a uma sessão online, com o Dr. Miguel Mota Pais da proteção civil de Nisa, sobre os sismos/terramotos.

Após a sessão decorreu um simulacro de sismo nas quatro turmas. Os alunos e respetivas professoras protegeram-se por baixo das mesas e mantiveram a calma. Decorreu tudo como o previsto.

Foram registados alguns momentos com fotografias e desenhos dos alunos sobre o acontecimento

simulacro2020

Projeto treetree2

tree 

Leonor Rosa - 12º A - admitida para frequência do After School (Instituto Superior Técnico)

O AfterSchool funciona num regime de aula invertida (flipped classroom). Isto significa que, em casa, os alunos lêem, pensam e assistem a vídeos com os conteúdos programáticos. Nas aulas, resolvem exercícios e esclarecem dúvidas com os nossos instrutores.

O curso de Informática I pretende ensinar a programar. Espera-se que após o curso os alunos sejam capazes de perceber como é que a programação pode ajudá-los a resolver problemas e se sintam confiantes na sua capacidade para criar pequenos programas.

Este curso destina-se a alunos sem qualquer experiência de programação e utiliza o Python como linguagem de programação.

Todas as semanas, os participantes terão material de estudo atribuído e uma sessão interativa com os outros alunos e com instrutores, em tempo real

Parabéns Leonor!